Blog

DIU é mais eficaz que pílula para prevenir gravidez

DIU é mais eficaz que pílula para prevenir gravidez

Mulheres que usam pílula, adesivo contraceptivo ou anel vaginal têm 20 vezes mais chances de engravidar, quando comparadas àquelas que utilizam métodos de longa duração, como o dispositivo intrauterino (DIU).


Saiba mais

Em 70% dos casos, câncer de ovário é diagnosticado em estágio avançado

Em 70% dos casos, câncer de ovário é diagnosticado em estágio avançado

Um levantamento do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp) mostrou que sete em cada dez mulheres com câncer de ovário que chegam ao hospital já apresentam uma forma muito avançada da doença, o que pode comprometer o sucesso do tratamento.


Saiba mais

Mamografia deve ser indicada a mulheres acima dos 40

Mamografia deve ser indicada a mulheres acima dos 40

Exames de mamografia devem ser recomendados anualmente a todas as mulheres acima dos 40 anos, diz o Colégio Americano de Obstetras e Ginecologistas (ACOG, sigla em inglês).


Saiba mais

Estudo mostra perda do apetite sexual da mulher

Estudo mostra perda do apetite sexual da mulher

A maior parte das mulheres que procuram o setor de Ginecologia do Hospital das Clínicas (HC), em São Paulo, perdeu a libido.


Saiba mais

3 benefícios da amamentação para o seu bebê

3 benefícios da amamentação para o seu bebê

Desde a confirmação da gravidez, nenhum episódio é capaz de chamar mais atenção do que a saúde do bebê prestes a chegar.


Saiba mais

Aprenda a reconhecer e a conviver com sua menopausa

Aprenda a reconhecer e a conviver com sua menopausa

A menopausa é definida como o dia na vida de uma mulher, geralmente entre 45 e 55 anos, em que os períodos menstruais terminam.


Saiba mais

Pesquisa revela diferenças na escolha do método contraceptivo entre as mulheres brasileiras

Pesquisa revela diferenças na escolha do método contraceptivo entre as mulheres brasileiras

Poucas invenções foram capazes de criar transformações tão profundas na sociedade quanto a pílula anticoncepcional.


Saiba mais
Copyrights © 2018: Clínica Dr. Renato Nisenbaum - Todos os direitos reservados
site desenvolvido pela Vioti Comunicação